quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Questão de caráter!


Expo Mundos dos Dinossauros


 Começando o passeio... 
 

Ovo de Dino


 


Aprendendo sobre o Protocerátopo

Protocerátopo



A galera aprendendo sobre o T-Rex

T-Rex


Pelicossauro 

Nossos paleontólogos, explicaram tudo sobre os dinos. Atrás, um dilofossauro



Serginho explicando sobre o estegossauro e suas placas termais


 

Estegossauro 
 


 Aprendendo sobre o pterossauro

Iguanodonte e Velociraptor



Crânio de Alossauro 
  
 




Hora do lanche









Reflexão e Debate Bíblico:

Comparação do Beemote com os Dinossauros Herbívoros da exposição:

Jó 0.15-24

15 Contemplas agora o beemote, que eu fiz contigo, que come a erva como o boi.
16 Eis que a sua força está nos seus lombos, e o seu poder nos músculos do seu ventre.
17 Quando quer, move a sua cauda como cedro; os nervos das suas coxas estão entretecidos.
18 Os seus ossos são como tubos de bronze; a sua ossada é como barras de ferro.
19 Ele é obra-prima dos caminhos de Deus; o que o fez o proveu da sua espada.
20 Em verdade os montes lhe produzem pastos, onde todos os animais do campo folgam.
21 Deita-se debaixo das árvores sombrias, no esconderijo das canas e da lama.
22 As árvores sombrias o cobrem, com sua sombra; os salgueiros do ribeiro o cercam.
23 Eis que um rio transborda, e ele não se apressa, confiando ainda que o Jordão se levante até à sua boca.
24 Podê-lo-iam porventura caçar à vista de seus olhos, ou com laços lhe furar o nariz?


Sobre as citações de animais pré-históricos na Biblia:

Monstros
A primeira referência é  Gén. 1:21 "Deus criou as grandes baleias".  A palavra hebraica para baleias é tanniym, que significa «monstro». Esta palavra surge mais de 20 vezes em toda a Bíblia.

Leviatã:
Este tipo de dragão marinho é chamado Leviatã (veja Salmo 74:14; 104:26), e está descrito pelo próprio Deus  em Jó 41:134.

"Naquele dia o Senhor castigará com a sua dura espada, grande e forte, o Leviatã, a
serpente veloz, e o Leviatã, a serpente tortuosa, e matará o dragão que está no mar" (Isaías 27:1)

"Fizeste em pedaços as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos 
habitantes do deserto" (Salmo 74:14)

"Tal é este vasto e espaçoso mar onde se movem seres inumeráveis, animais pequenos
e grandes. Ali passam os navios; e o leviatã para nele folgar" (Salmo 104:25,26)

Estes trechos indicam o Leviatã como sendo um animal que vivia no mar. Algumas traduções
da Bíblia têm em rodapé (não no texto original) a referência que o leviatã é o crocodilo (um erro de tradução). Sucede porém que o crocodilo não se pode comparar ao ser descrito nas passagens referenciadas, nem em Job 41. A passagem bíblica de Salmo 104:26 compara o leviatã a um navio, pois diz: «ali passam os navios; e o leviatã para nele folgar».

O Leviatã é colocado como um animal temido, saia chama/fogo da sua boca (Jó 41.19.21),
com pele tão espessa (15-17) que nem espada ou pedra o afugenta.
Alguns dizem que é meramente simbólico. Mas o versículo refere: "Da sua boca saem tochas;
faíscas de fogo saltam dela". Contudo, esta descrição não é simbólica. Podemos dizer que da boca deste "dinossauro" saía fogo, de fato. É possível sair fogo da boca de um animal? Eis a
prova: Deus preservou até aos dias de hoje uns pequenos seres chamados besouros bombardeiros, com pouco mais de 1 cm, que nos mostram como era possível lançar "fogo". Estes besouros têm um pequeno canhão nas suas caudas, cada qual com um gás venenoso. Quando sentem perigo misturam estes dois gases, formando uma bola de gás quente e nocivo que ataca os seus inimigos. Se isto sucede hoje, porque não com animais maiores? E não é curioso que tantas histórias da antiguidade, de povos totalmente diferentes, falem de animais que cospem fogo? Será mera coincidência? 
Curiosamente, lemos no verso 9 de Job 41: "eis que a sua esperança falhará" numa clara e evidente referência à sua extinção (outra profecia que deu certo). Por outro lado, isso significa que o homem conviveu com ele, pois descreve o de uma forma muito completa.

Beemote:  

Em Jó 40:15-24 a Bíblia fala do Beemote, que era um ser herbívoro (v.15). Ele movia a sua cauda, com ossos fortes (v.17) e era impossível de capturar (v.24). Embora algumas versões da Bíblia o apresentem como o hipopótamo (também por erro de tradução), a descrição não é conducente com esse animal, mas com um dinossauro. Leia passagem completa. A Bíblia em Jó 40.17 diz assim: “Quando quer, move a sua cauda como cedro; os nervos das suas coxas estão entretecidos.” O único animal que é do tamanho do cedro, e tem as descrições exatas da bíblia é o dinossauro.

Os alunos fizeram uma comparação das descrições do beemote no texto de Jó com os herbívoros presentes na exposição, em especial com o Tricerátopo.

Outras Referências:
Existem outras passagens que se referem a "dragões" de vários tamanhos, como Isaías 34:13,  Miqueias 1:8,  Malaquias 1:3. Nestas passagens, a palavra original no hebraico é tanniym, isto é, «monstro». Os dinossauros foram criados por Deus, multiplicaram, encheram a terra e conviveram com o Homem, cumprindo assim a ordem de Deus (Gn. 1:22).

Sobre a Extinção:

Foram apresentadas aos alunos algumas teorias referente a extinção dos dinossauros, como por exemplo:

- Impacto de um asteroide no México
 (http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/2010/03/100304_dinossauro_extincao_np.shtml)


- Queda de Satanás - teoria que afirma que o asteroide na verdade seria a queda de Satanás na Terra (Isaias 14.1215; Ezequiel 28.12.19; Lucas 10.18)) e que destruiu não só os dinos mas tornou a terra sem forma e vazia (Gn1.2). Nesta Teoria, Deus recriou a Terra como conhecemos em 6 dias, porém não recriou os dinossauros

Dilúvio - teoria que afirma que os dinossauros não entraram na arca

- Morte pós dilúvio  - nesta teoria os dinossauros teriam sim entrado na arca de Noé (Gn. 7), porém após o dilúvio morreram de doença, mudanças climáticas, fome, novas doenças.

Estes estudos não pretendiam esgotar o assunto, mas despertar no adolescente o interesse em ler a bíblia e buscar resposta para suas dúvidas.

Os alunos debateram estas teorias e apresentaram seus pontos de vistas. 


PLENITUDE TEEN, UMA BENÇÃO PARA TODOS


Os nossos adolescentes estão crescendo a cada dia, na graça e no conhecimento de Deus através do Plenitude Teen.  
Reconhecido merecidamente como o ministérios mais atuante e efetivo da Igreja Plenitude da Fé, o Plenitude Teen é realmente um diferencial de Deus para os adolescentes e suas famílias.

Fonte: http://plenitudedafe.com.br/index.php/noticias/41-noticias/ministerios/258-invasao-santa-em-sabauna-na-pre-marcha-para-jesus-2016Coordenado pela "Tia Luciana" e sua equipe, esses adolescentes frequentam todas as sextas-feiras a E.B.D  Escola Bíblica Dominical além de outras atividades pontuais como: Acampadentro, excursões, cultos direcionados, congresso etc. 
(Pr. Daniel Junior) - "Glória a Deus pelo crescimento e desenvolvimento continuo desse ministério, é lindo ver a dedicação, o amor e o empenho dos professores e responsáveis por um ministério tão importante como é o Plenitude Teen. Estou em oração para que a partir do próximo ano o Plenitude Teen encontre a oportunidade ideal para ampliar o ministério com força total para todas as filiais da Igreja A.D. Plenitude da Fé."

domingo, 14 de setembro de 2014

Ministração "A Volta de Cristo" - Acampa Biritiba Mirim

Em 13/09 tive o prazer se ministrar a palavra do Senhor no acampadentro de adolescentes em nossa filial do Jardim dos Eucaliptos, Biritiba Mirim

O Tema do Acampa era "A Volta de Cristo", e por isso inciei a ministração com a dinâmica "Arrumando as Mala"

 




Após a leitura dos cartazes (malas) dos grupos entramos na palavra propriamente dita: 1Ts 4.16-17








 Os adolescentes não tinham pressa em terminar o estudo.. lindo de ver, todos concentrados e tirando dúvidas

 
No final, cinco adolescentes e uma criança confessaram Jesus como seu Salvador e mais sete buscaram renovo espiritual. O Pr. Sérgio foi quem fez a oração e tomou a confissão de fé destes adolescente.

Teve festa na igreja e festa no céu!


Aceitando a Jesus com Salvador:


Buscando renovo:


Para encerrar um jantar delicioso com a turma que já me conquistou... :)



terça-feira, 9 de setembro de 2014

Corrida com Barreiras - Parte 2

Os alunos devem escolher um dos pecados/tentações (Barreiras) que escreveram na última aula (PArte 1) e escrever em uma folha de papel
Esta folha é colada nas costas do aluno.

Os alunos farão a brincadeira de Pula Sela (ou pula carniça, pula mula), pulando todos os amigos, observando as barreiras escritas nas costas dos amigos





Após a brincadeira fazer uma lista com todas as barreiras que pularam

Ler e explicar Romanos 8:37-39


Fazer uma oração profetizando que nada os afastará do amor de Deus, da corrida que nos foi proposta até o céu.
Em seguida fazer uma bola de papel com a barreira que estava colada nas costas e lançar no alvo. Nosso alvo é Cristo e nada pode nos tirar o foco.





Assista aos episódios do Web Show do