terça-feira, 17 de junho de 2014

Jogo Defesa em equipe

Forme grupos de 3 e peça para se agruparem lado a lado (ombro com ombro). 
Peça que cada um possa atar o seu atacador (ou fita) ao calçado do colega para que fiquem todos ligados entre si, numa distância não superior a 20 centrímetros. 
Faça uma corrida de 50 metros e identifique a equipa vencedora. 


Repita a competição com uma volta completa ao campo e identifique a equipa vencedora. 

Perguntas para Reflexão: 
1. Quando ambas as corridas terminarem, faça as seguintes perguntas e dê tempo para reflexão 
a. Divertiram-se? Porquê ou porque não? 
b. Qual foi a maior dificuldade que sentiram? 
c. Como é que tiveram de adaptar a vossa corrida? 
d. Qual era a diferença entre a pessoa que estava no meio e as das pontas? 
e. O que tiveram de fazer como equipa para que a corrida corresse bem? 

Verifique que eles conseguem expressar claramente o que foi preciso para encontrar um ritmo de corrida na equipa. 

2. Pergunte: 
a. Em que situações, na vida, também funcionamos em equipas? 
Família, igreja, comunidade, escola, equipa de futebol, banda musical, etc. 
b. Quais são as maiores dificuldades “nessas” equipas? 
c. O que é que poderão fazer para que “corram” todos ao mesmo ritmo? (Deixe-os pensar de uma forma criativa e prática) 

Texto Bíblico: Marcos 3:16-19 

Observações: 
Reparem na “equipa” de Jesus: 

  • Um deles recebeu o nome de Pedra (Pedro) 
  • Dois irmãos receberem a alcunha “Filhos do Trovão” (Tiago e João) 
  • Um deles era conhecido como um “fanático” ou Nacionalista (Simão) 
  • Um seria o traidor de Jesus (Judas) 
  • E todos os outros seriam os mais diferentes possível 


Perguntas para Reflexão: 

  • Acham que era fácil fazer parte desta equipe? 
    • Não 
  • O que fariam se viessem a fazer parte duma equipe como esta? (Deixe-os falar honestamente acerca de como tratariam fanáticos e traidores) 
  • O que é que vocês poderiam fazer numa equipe deste tipo, para que tudo corresse normalmente? 
    • Apreciando a diversidade 
    • Ajudando nas fraquezas de uns 
    • Encorajando as coisas boas de outros 
  • Pense num colega com quem não te estejas a dar muito bem neste momento. O que é que podes fazer para alterar isso? 
    • Tentaria descobrir porque é que ele faz o que faz 
    • Tentaria ver o que ele tem de bom para dar à equipa 
    • Apreciaria mais a sua contribuição 

Fonte: Material UBABALO eAfrica, disponível em http://ubabalo.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário